Crowdfunding

Tipos de Doadores da sua Vaquinha e como Atingi-los

Veja quais tipos de doadores você pode atingir com uma vaquinha e como impactar cada público para ter sucesso em sua arrecadação.

Um dos principais objetivos em criar uma vaquinha em um site de arrecadação é expandir a base de doadores para além de familiares e amigos.

Veja quais tipos de doadores você pode atingir em uma campanha.

Familiares, amigos e fãs

Apesar de muitos não quererem envolver este grupo em sua vaquinha online (muitas vezes, por receio de passar a imagem de “pedir dinheiro”), ele é muito importante para dar o pontapé inicial em sua arrecadação.

Isto porque familiares, amigos e fãs, geralmente, são os primeiros a acreditar e a apostar no seu sonho. Gerando uma onda de contribuições. Afinal, “se alguém já contribuiu, a vaquinha é confiável e eu posso doar com segurança”.

Os possíveis doadores precisam ver que há outros acreditando em seu sonho. Pessoas são influenciadas por pessoas, lembre-se disto.

Podemos atingir os familiares e amigos através de WhatsApp, Telefone, E-mail ou outro canal de contato direto. Já para os fãs de artistas e admiradores do trabalho de algum profissional, pode-se usar as redes sociais, mensagem no site (um pop-up) e e-mail marketing.

Prefira mensagens personalizadas. Os doadores gostam de se sentir únicos. Eles precisam saber como essa causa é importante e você conta com eles para torná-la realidade.

Desconhecidos

Usuários desconhecidos são aqueles que nunca tiveram contato com você ou com a sua causa. Eles ainda não possuem uma conexão com a vaquinha.

Este grupo pode ser impactado através de anúncios (Google, Facebook ou Instagram), grupos no Facebook e artigos em sites de terceiros.

Esteja onde o seu possível doador está. Esse é o principal pensamento.

Por exemplo, um rapaz chamado Marcos Medeiros foi selecionado para um intercâmbio na Alemanha. E sabe o que ele fez? Postou em diversos grupos do Facebook. Um deles foi o “Brasileiros na Alemanha”.

O post dele foi visto por diversas pessoas que sabem como é difícil iniciar uma vida e realizar seus sonhos fora do Brasil. Criou-se aí, uma conexão! <3
Rapidamente, sua história de superação, vontade de vencer e também sua transparência na condução do caso tocou a todos do grupo – que resolveram contribuir financeiramente e também compartilhar sua história em busca de mais e mais doadores.

Veja abaixo. Foram 288 comentários!

Para vaquinhas de cunho pessoal, você precisa explicar como o seu sonho é importante, trabalhar o emocional. Para vaquinhas de tecnologia, trabalhe o lado prático e informe como o seu produto ou serviço irá ajudar os doadores, quais problemas o seu produto/serviço resolverá.

É importante que os doadores se “vejam” e se sintam parte da sua causa.

print da campanha do Marcos Medeiros no Vakinha
Fonte: Print da campanha no Vakinha

Amigos de amigos

São aquelas pessoas que ficam sabendo de sua vaquinha através de amigos. Como no caso acima, do Marcos Medeiros, em que os usuários do grupo compartilharam em suas redes sociais pessoais fazendo com que a causa chegasse a mais pessoas.

Quando isso acontece, a vaquinha ganha um “selo de validação”. Pois, quem está indicando a história é um amigo em que você confia.

Neste grupo, também entram os amigos de seus familiares, amigos de amigos.. todas as segundas e terceiras conexões que você tenha.

Tipos de doadores dependem da causa de sua vaquinha

A arrecadação de sua vaquinha não virá 30% de familiares e amigos, 30% de desconhecidos e 30% de amigos de amigos. Isto depende muito da sua causa.

Por exemplo, para projetos de tecnologia ou lançamentos de produtos, a grande maioria dos doadores são desconhecidos. Eles doam porque o seu produto resolve um problema que eles possuem no momento.

Para vaquinhas de cunho pessoal, como tratamento de saúde, os familiares e amigos representam uma grande parcela dos doadores. E eles são responsáveis por angariar mais contribuidores para a sua vaquinha.

E doar não é só dar dinheiro. As pessoas doam tempo, dedicação e amor também. Se alguém não puder doar dinheiro para a sua causa, ela pode compartilhar nas redes sociais fazendo com que a sua vaquinha atinja mais pessoas.

Facebook Comments