Marketing

12 dicas para otimizar imagens e melhorar o desempenho no Google

Confira dicas de John Mueller, consultor de pesquisa no Google, e otimize imagens para o Google Imagens, Discover e o resultado de pesquisa do buscador.

John Mueller, do Google, lançou um vídeo de quase 10 minutos com as melhores práticas e dicas de SEO para imagens.

As imagens podem aparecer no Google Imagens, no resultado normal de busca e também no Google Discover.

Antes de escolher as imagens, pense:

  • Os usuários buscariam visualmente pelo conteúdo?
  • Se sim, como eles buscariam? Quais palavras e frases eles buscariam?
  • Qual preview do conteúdo do seu site eles achariam atraentes?
  • Suas páginas possuem imagens que são relevantes para o conteúdo?

É importante considerar estas questões desde o início, pois elas podem ajudá-lo a incluir as melhores imagens para os objetivos do seu site.

Dicas de SEO para imagens:

1. Contexto

Certifique-se de que as imagens sejam relevantes para a página e que os títulos, cabeçalhos e conteúdo também sejam relevantes para a imagem.

Tenha em mente quais palavras ou frases os usuários usariam para buscar a imagem. Tudo precisa fazer sentido.

2. Otimize o posicionamento da imagem

Posicione as imagens perto do texto relevante. Tudo influencia para que o Google entenda e dê relevância a sua imagem quando buscarem por determinada palavra.

Coloque imagens mais importantes no topo e adicione legendas com palavras que a descrevam.

3. Não incorpore texto na imagem

Nem todos os buscadores e usuários conseguem ler textos em imagens, por isso, coloque todo e qualquer texto na página e não na imagem.

4. Use atributos alt em suas imagens

O atributo alt serve para descrever a imagem para aqueles usuários que utilizam leitor de tela (acessibilidade) e também para os buscadores. Lembre-se, o Google não consegue “ler” a imagem. Ele utiliza atributos para entender o que ela é.

5. Use imagens de alta qualidade

Imagens de alta qualidade captam melhor o usuário do que imagens desfocadas, de baixa resolução.

6. Tenha conteúdo de qualidade

Crie conteúdo de texto de qualidade em seu site, pois ele tão importante quanto o conteúdo visual para o Google Imagens.

Ele proporciona contexto e faz com que o resultado seja mais clicado. Pois, ele pode ser usado como descrição da imagem no resultado de busca. E mais, o Google avalia a qualidade do conteúdo da página ao rankear as imagens.

7. Tenha sites mobile e desktop friendly

Há mais buscas no Google Imagens via mobile do que em desktops.

É importante que você crie o seu site para todos os tipos e tamanhos de dispositivos.

Use a ferramenta do Google para testar a compatibilidade do seu site com dispositivos móveis.

Ferramenta do Google para testar o desempenho do site mobile
Ferramenta do Google para testar o desempenho do site mobile

8. Use boas e descritivas urls

O Google usa o caminho da URL e o nome do arquivo da imagem para entender a imagem. Evite mudar o URL e, se você mudar, faça o redirecionamento 301 da antiga URL para o nova (o Google não rastreia as imagens com frequência, é importante que sempre redirecione se mudar o caminho).

✔️ https://lisaneandrade.com.br/wp-content/uploads/2021/02/mulher-segurando-olhando-celular.jpg

❌ https://lisaneandrade.com.br/wp-content/uploads/2021/02/capa-artigo-123.jpg

Certifique-se de que as imagens estão liberadas para a indexação do Google. Dê uma olahda em seu robots.txt e confirme se está tudo certinho 😉

print do robots.txt
print do robots.txt

9. Forneça dados estruturados relevantes para sua página

Você deve usar os dados estruturados de acordo com a sua página e o conteúdo dela. Há dados estruturados para receitas, para notícias (que é o que eu uso no Blog), para produtos (para ecommerces). Veja a documentação do Google sobre dados estruturados.

10. Use max-image-preview:large

Forneça imagens grandes de preview. Se possível, de boa qualidade, atrativas e que tenham a ver com o conteúdo.

É mais provável ter visitas do Google Discover usando esta marcação (ou se a sua página for AMP).

print do código com a marcação max-image-preview:large
print do código do site

11. Adicione marcação de licenciamento de imagem

Ajuda os usuários a entenderem sobre o licenciamento da imagem, exibe e dá crédito ao dono da imagem e facilita caso queiram adquirir a imagem.

Isto pode ser feito com dados estruturados ou metadata na imagem.

12. Velocidade da página

Imagem é o que mais contribui para o peso da página, por isso, o Google recomenda que elas sejam otimizadas (diminuir o peso das imagens), que utilize a técnica lazy-loading e que sejam responsivas para proporcionar alta qualidade e boa velocidade de navegação.

Dependendo do seu site, a versão AMP pode ser uma opção para deixá-la ainda mais rápida.

Como avaliar a performance das imagens?

Use o Google Search Console para checar se os dados estruturados estão implementados corretamente, a velocidade do site e também monitorar a performance das imagens no Google (e muito mais informações e relatórios sobre seu site).

Relatório da performance de imagens do Google Search Console
Relatório da performance de imagens do Google Search Console. Fonte: Arquivo pessoal.

Veja toda a apresentação de John Mueller, consultor de pesquisa no Google:

Para ver o conteúdo em português, basta ativar a legenda, nas configurações.

Tags